Maxwell lembra choro na Série B e cita aprendizado para Sport: "Não deixar que nos menosprezem"

 

Maxwell tinha apenas um copo de água nas mãos quando chorou em desabafo, após uma vitória do Cuiabá, pela Série B do ano passado. Ali, o atacante comandou a superação da equipe, que vinha sob críticas e com mais de 10 desfalques por conta da Covid-19. Agora, quase quatro meses depois, o atleta começa uma nova caminhada, defendendo o Sport na temporada de 2021. Mas carrega o episódio consigo como aprendizado para os desafios que terá pela frente.

- A gente não pode deixar as críticas de fora abalar o nosso elenco. Estamos em um momento difícil, mas tem muita gente que quando estiver apto para jogar, vai somar com os meninos, que estão dando a vida nesses últimos jogos.


 

O momento citado por Maxwell aconteceu no dia 27 de novembro do ano passado, quando defendia o Cuiabá, na Série B. A equipe estava há um mês sem vencer e o atacante enfrentava um jejum de gols que durava oito partidas. Naquela noite, no entanto, ele marcou os dois da vitória por 2 a 1 sobre o Avaí e recolocou o time mato-grossense na luta pelo acesso - conquistado ao fim da temporada.

- Um monte de gente estava falando que o time não servia, que era cavalo paraguaio. Esse jogo foi de superação, porque 12 atletas tinham pego Covid. Depois que a bola entrou, o juiz acabou o jogo e não teve como segurar as lágrimas ali, porque foi um momento de desabafo. Para a calar a boca de muita gente que estava criticando. Acabei dedicando ao nosso companheiro que estava com Covid-19 e para meus familiares, que sempre estão comigo. Vou levar esse dia para o resto da minha vida.

 

A campanha do Cuiabá terminou com Maxwell como artilheiro do time na temporada, marcando 15 gols em 48 partidas. O desempenho, por sua vez, tornou-se fundamental para a contratação do atacante pelo Sport, que tem investido no setor para 2021 e demonstrava interesse no atleta desde o ano passado.

Agora, de contrato assinado com o Leão, ele aguarda pela oportunidade de estreia. O clube está eliminado da Copa do Brasil, mas ainda disputa Pernambucano, Copa do Nordeste e Série A do Brasileiro neste ano.

 

"Escolhi o Sport por ser um grande clube que tem grandes objetivos. Tenho certeza que será um ótimo lugar para mostrar meu potencial. Meu contato foi diretamente com o presidente, haviam entrado em contato comigo no ano passado e sempre demonstrei todo o meu interesse em defender o Sport. Estou muito feliz que tenha dado tudo certo."