São Paulo anuncia renovação de Luiz

 

Jogador que mais participou de gols do Tricolor na temporada e em grande fase sob o comando do técnico Rogério Ceni, o atacante Luiz Araújo foi valorizado pelo clube e acertou a sua renovação de contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021 – o antigo vínculo era válido até 1º de junho de 2019.

“Temos um grande futebol, porque valorizamos os nossos atletas. Não estamos tão somente atrás de trazer valores para o São Paulo com contratações, mas também dar aos nossos jogadores o devido reconhecimento e a possibilidade de aqui se desenvolverem e crescerem no futebol e na vida. Então, é uma grande alegria para o São Paulo acertar esta renovação”, afirmou o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva.

Revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, o camisa 31 vive seu melhor momento na carreira neste início de trajetória no elenco principal e lidera o ranking entre os são-paulinos mais decisivos neste começo de ano: balançou as redes cinco vezes e deu cinco assistências. Vice-artilheiro da equipe, atrás apenas de Gilberto (seis gols), o jogador marcou três gols e deu duas assistências nos últimos três jogos.

“Vivo um momento maravilhoso no São Paulo, sem dúvida a minha melhor fase neste começo de carreira, e fico feliz com este reconhecimento do São Paulo. Desde a minha chegada, na base, o clube sempre acreditou no meu futebol e me deu totais condições para crescer profissionalmente. Espero retribuir todo este carinho e confiança dentro de campo, porque quero conquistar títulos aqui. Minha meta é dar alegrias ao torcedor. Estamos juntos até 2021”, festejou Araújo.

Uma das gratas revelações do CFA, o atacante iniciou a transição da base para o elenco principal após a disputa do Campeonato Paulista de 2016. A programação do clube nesta etapa no seu processo de formação contou com um empréstimo ao Novorizontino para disputar o estadual. O jogador não desperdiçou a oportunidade e foi uma das sensações da equipe do interior.

Depois do Paulista, Luiz Araújo retornou com moral para o Tricolor e foi integrado ao dia a dia do Centro de Treinamento da Barra Funda . Além disso, a oportunidade de disputar a Libertadores da América Sub-20 complementou a preparação do jovem atacante, que trouxe no currículo pela base uma série de conquistas: Copa do Brasil Sub-17 (2013), Weifang Cup Sub-17 (2013), Copa do Brasil Sub-20 (2015), Copa RS Sub-20 (2015), Copa Ouro Sub-20 (2015) e Copa Libertadores Sub-20 (2016).